quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Falta de educação.

Dizem-se, licenciados,doutores e mestrados, mas há por aí tanta estupidez, ao cimo da terra!! Tanto burro que se diz dr, mas não vale nada.

Vejo tanto "analfabeto" com uma educação extrema, com simplicidade e vontade de ajudar o próximo e tanto doutor que não tem um pingo de educação. 

Meus srs e sras a educação vem do Berço não da escola.   

"A derrota vem quase sempre dos números, nunca das letras. 
Homens e mulheres procuram somas inexplicáveis: não é natural, que mais poder, signifique mais saber. "
(Pedro Chagas Freitas) 

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Tenha vergonha.

Sobre os incêndios, muito se diz e nada se faz, mais do mesmo a que já estamos habituados.

Não sou de partido político algum nem acredito em nenhum deles, por mim não tá lá nenhum porque nunca votei, mas sei que tem de haver um governo que nos governe , ou desgoverne. 

Agora num exp: se um profissional não presta, vai embora.
Não entendo o que a ministra da administração interna continua a fazer no nosso governo. Num país onde em quatro ou cinco meses, morreram mais de uma centena de pessoas, onde não digo que fosse tudo falta de competência dela, mas que ela não é capaz e depois do que aconteceu em Pedrogão Grande, Volta a acontecer o mesmo, não sabe, não tem competência para ocupar o lugar que ocupa.

Demita se e dê lugar a quem sabe para que estas tragédias acabem.

sábado, 14 de outubro de 2017

TAG - verdadeiro ou falso. (respostas falsas)



E as respostas falsas eram: 

1- Sou gorda 
16- Gosto muito 
19- Sou morena 
23-Era óbivio :) 
25- ahahah uso e abuso do tlm 

Matilde e Andreia, quase lá :) obrigada lindas. 

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Lá em casa éramos sempre seis.

Em minha casa éramos sempre seis.


O meu pai, a minha mãe, eu e mais três irmãos. Momentos tão bons aqueles, não era como hoje!havia algumas faltas, mas nunca de amor e atenção.

Depois casou o meu irmão mais velho dos rapazes,depois a minha irmã mais velha, eu casei a seguir,
ficou o outro irmão, que nunca casou.

O meu pai faleceu muito novo (52 anos) e há 2 anos,também o meu irmão que se tinha casado primeiro nos deixou, faria hoje 59 anos.

Hoje tenho a minha mãe que está com o meu irmão, a minha irmã e eu, cada uma nas suas casas.
Frequento muito a casa da minha mãe, quero e preciso estar com ela.

E quando estou com eles e lá faço as refeições, à mesa de jantar que sempre existiu há sempre o lugar do meu pai e do meu irmão. Gosto de os imaginar ali e pensar quando estávamos todos.

Nunca estou sozinha, porque apesar de já só sermos quatro,sei que o meu pai e irmão,estão felizes por nós.

Se os queria ali? Claro que sim! 

Mas percebi bem cedo, (tinha 20 anos quando o meu pai partiu), que a vida é assim mesmo.

Enquanto eu for viva, eles estarão sempre presentes, na mesa em casa da minha mãe e na minha vida. 

domingo, 8 de outubro de 2017

E estes dias foram assim :)


Logo de manhã. (até esqueci a dieta)
 :) 


Jantar, o restaurante é maravilhoso e a comida também.
(continuação de não lembrar a dieta) 
:) 

À noite a mimalha :)


De manhã continuavam os incêndios. 
Uma lástima este ano :( 


Uma prenda de uma pessoa especial :) 


As compras para a dieta, hummmmmm será?? lol 


Bem, foi um bom fim de semana, passeei alguma coisa o tempo esteve agradável, mas amanhã lá começa tudo de novo :)

Bom inicio de semana. 

Beijinho 

sábado, 7 de outubro de 2017

Tag verdade e falso.


A Matilde do blog: Cantinho da Tily mandou-me, ahahahahah responder a esta Tag, então aqui vai.
A tag consiste em:
Contar ao todo 25 factos sobre mim, sendo 20 verdadeiros e 5 falsos.
De seguida ficam os meus 25 factos:
1. Não sou gorda.
2. Sou muito leal, para quem merece.
3.Gosto de viajar.
4.Detesto limpar o pó.
5.Adoro crianças.
6.Falo muito alto.
7.Adorava ir a NY.
8. Adoro praia.
9.Gosto de plantas.
10. Gosto de música clássica.
11. Sempre que vou às compras tenho de levar a lista de compras.
12. Gosto de ouvir guitarra.
13. Gosto de animais.
14. Não sou católica.
15.Gosto de conduzir.
16.Não gosto de estar com outras pessoas.
17. Sou muito reservada.
18.Riu muito.
19.Sou loura.
20.Não gosto de cozinhar.
21. Gosto de tudo (alimentação).
22. Adoro o azul.
23. Neste momento estou a lavar a loiça.
24. Só bebo água.
25. Não uso tlm.
Não vou nomear ninguém, porque devido às alterações feitas aqui no blog, perdi alguns sites :( 
Agora quero ver se me conhecem assim tão bem ahahahah 

Voltei :)

Sentia-me cansada, farta de quase tudo, até de mim mesma. Uns dias de sossego, clarear as ideias, pô-las em prática e esquecer o resto foi bom.
Como digo às vezes para mim mesma, mudei tanto que às vezes tenho saudades do que fui,mas gosto mais de mim assim porque se não estou bem comigo? como posso estar para os outros...

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Sem Tempo.


Ando sem tempo, cansada do que é ou do que parece ser, verdades, meias verdades ou mentiras, cansada de ver sempre a mesma estrada as mesmas árvores os mesmos pássaros, cansada de olhar à janela e nada ver. 

Vou fazer uma pausa.

A todas que aqui vêm, nos vemos lá do outro lado.

Beijinhos.    


O tempo parece parado
E o relógio desesperado 
Esconde as asas da saudade !
E o tempo ?
O tempo que não me diz nada...

E a vida ? Que nem anda nem está parada...
E eu ? Que aqui continuo á procura da estrada...
E Tu ? Que não chegas nem vais nesta vida enganada...
E tudo ? E todos ? E o tempo ?
E o tempo não dá por nada...


in " Mais de mim "

sábado, 9 de setembro de 2017

Não os façam assim.

Este texto retirei das redes sociais, onde uma mãe falava dos seus filhos.

E lembrei daquela criança de bibe e mochila tão simpática. Será que ela já é assim? Será que também as crianças já têm duas faces, uma de capuchinho vermelho e outra o lobo mau?

 Texto escrito por uma mãe.

As crianças são um bicho egoísta e caprichoso. Um dia acordam e não gostam de bananas. Ou frango.  Ou pão com manteiga. E estão sempre a precisar de alguma coisa. Uns ténis. Um livro. Uma PlayStation. Uma viagem à Disney.
E nunca estão satisfeitas. Outra vez bife? Outra vez arroz?
A sua frase preferida da semana " o que é que me trouxeste", a do fim de semana "onde é que vamos".
Dão um chouriço a quem lhes der um porco. São seres interesseiros, que nos rondam com olhos de panda bebé, a troco de chocolate Milka. Ou cromos da Luna.
Estão sempre a perguntar se fulano de tal é rico. Aliás, qualquer badameco que tenha uma coisa que querem muito e não têm deve ser rico. Mesmo que estejamos a falar de um gelado de três bolas e topping de chocolate. Acham que temos a árvore das patacas no quintal, ou que nos saem notas de 500€ quando damos chutos em pedras. Só assim se justifica que ainda não tendo chegado à porta da rua já estejam a anunciar que têm fome. Ou sede. Ou as duas coisas. Afinal adoram abancar de café. Ou de restaurante.
Têm usufruto total da TV de casa. De outra forma não conseguiriam ver pela sétima vez o episódio 548 da Lady Bug. Ou os Morangos com Açúcar gravados em 2005.
O nosso papel no mundo é servi-los. Ajudá-los com os trabalhos. Atar-lhes os sapatos. Providenciar torradas. Limpar-lhes o rabo. Levá-los a 37 festas de anos, saraus, treinos, festas de pijama e noites de Halloween. Com o tempo que nos sobra podemos sempre aproveitar para lhes ir comprar um casaco maior. Pagar o ballet. Ou encher-lhes os pneus da bicicleta.
Passam o dia a correr, a saltar de sofá para sofá, a fazer "musicallys", mas se são chamados a levar um prato para a cozinha, estão obviamente muito cansados. Hello, somos apenas crianças.
As crianças são um bicho egoísta e caprichoso.
Não sei se já tinha dito.

A ser verdade este texto as crianças não são egoístas nem caprichosas, fazem-nas assim.
Mais tarde vamos ter adultos que se não lhes fizerem as vontades irão ser violentos com pais, professores, amigos, namoradas etc..

Pensem bem e aprendam a dizer não. 

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Momentos

Hoje fui tomar o meu café e em geral tomo na esplanada.  São quase sempre as mesmas pessoas que lá estão, mas hoje entrou uma sra com uma criança que devia ter 4 anos, de bibe e mochila ; ) achei uma piada à criança,  era uma.menina com lacinhos no cabelo e toda bem disposta. Pensei em mim quando tinha a idade dela, eu detestava o infantário e lembro que no início ficava sempre a um canto. Mas aquela não, ia feliz.  

Depois olhei o céu, não havia ainda sol e estava já fresco o tempo. 
Não tarda estamos no Outono e Inverno que eu não gosto nada. Lá se vão esplanadas o sair à noite, lá vai aumentar a conta do gás da luz :( 

Mas aquela criança sem me conhecer nem eu a ela, conseguiu fazer a minha manhã mais feliz. 

E o outono e o inverno vêm na mesma, mas não vou esquecer aquela menina.